Rancharia

(18) 3265-1329

Bovino de corte: pecuária extensiva

A criação do gado de corte no Brasil é direcionada a produção de carne e ocupa espaço de grande destaque na pecuária mundial. Nosso país possui o segundo maior rebanho bovinos do mundo, sendo o maior comercial. Cerca de 80% dos animais são de raças zebuínas, entre elas a mais indicada para a pecuária de corte é a raça nelore.

O gado nelore é um dos protagonistas na produção de carne no Brasil, pois tem altos índices de ganho de peso e se adaptam bem ao clima tropical. O bom rendimento da raça está associado uma série de cuidados, como a escolha do sistema de manejo que mais se encaixa a necessidade do pecuarista e receptividade da raça.

O manejo extensivo é bastante comum no Brasil, visto que exige grandes áreas de pastagem. Neste tipo de sistema, os bovinos de corte se adapta melhor que o gado leiteiro, que geralmente é criado no confinamento, ou seja no sistema intensivo.

A criação de gado nelore em pasto exige menos investimentos que no confinamento, mas não se pode deixar de lado alguns cuidados, como a suplementação mineral, pois as forragens não são suficientes para nutrição do rebanho.

Também é necessário ter cuidados com as condições do pasto: cercas, qualidade da forragem, acesso à água, terreno, enfim, tudo deve ser feito para facilitar o processo de engorda do animal.