Rancharia

(18) 3265-1329

Conheça os tipos de pastagem para gado leiteiro

O sucesso da bovinocultura leiteira está diretamente ligado a alguns fatores como: genética animal, manejo adequado e alimentação animal. O manejo de gado pode seguir o sistema intensivo ou sistema extensivo, sendo que podem existir sistemas mistos de manejo.

A pecuária extensiva é bastante utilizada para a criação de gado leiteiro. Quando se faz a opção pelas pastagens para gado leiteiro é importante saber quais os tipos de capim para gado que se adequam as condições climáticas da sua região, o volume de produtividade e no que diz respeito à questão nutricional, é preciso escolher um capim para gado que supra as necessidades energéticas, de vitaminas, proteínas e minerais.

A nutrição animal direcionada à produção de leite deve ser rica em proteínas e por isso, existem alguns tipos de capim que são mais adequados. Podemos citar forrageiras como Tobiatã, Tanzânia, Braquiarão e capim mombaça para gado de leite.

Além da escolha da melhor opção de capim, é importante que faça um planejamento forrageiro para o ano, isto irá diminuir os custos da pastagem para gado leiteiro e irá garantir alimento para o ano todo.

Manejo de gado: sistema extensivo

A pecuária extensiva é a mais praticada no Brasil isso, pois nosso país possui muito território e condições climáticas favoráveis para o plantio de pastagem. Além disso, este tipo manejo exige menos investimentos se comparado com o confinamento bovino.