Rancharia

(18) 3265-1329

Fazenda de gado de corte

Cuidar de uma fazenda de gado de corte exige uma série de conhecimentos e emprego de técnicas certas para garantir o crescimento e lucratividade. O manejo de gado de corte deve ter como principal objetivo o ganho de peso do rebanho. A produção de carne no Brasil é reconhecida pela qualidade, sendo resultado de constantes investimentos em pesquisas para desenvolvimento de técnica de manejo adequado e melhoramento genético.

Uma fazenda de gado de corte é formada por animais que possuem maior capacidade para a produção de carne. Uma das raças de gado de corte que se destaca é o nelore por apresentar bons resultados e se adaptar com facilidade ao clima tropical brasileiro.

Uma questão importante que deve ser considerada ao se administrar fazenda são os investimentos em melhoramento genético. Os animais com genética superior são donos de uma carcaça mais bem desenvolvida e as características positivas da raça são valorizadas. Estes aspectos são decisivos na qualidade, volume e tempo que leva para produzir carne.

Manejo de gado de corte

Como já foi destacado, o sucesso de uma fazenda de gado de corte está no manejo adequado, sendo assim, é importante que se estruture um plano de ação para administrar sua fazenda de gado de corte. A primeira decisão é com o tipo de alimentação de oferecerá, isso depende de algumas questões como: extensão territorial que tem disponível, valor de investimento que pode fazer e das raças que vai trabalhar.

Para a pecuária de corte, os tipos de manejo são diversificados, sendo que os mais comuns são: intenso e extensivo. O primeiro se caracteriza pelo uso do coxo para alimentação do gado e é mais controlado. No extensivo, a criação acontece em grandes áreas de pastagem.