Rancharia

(18) 3265-1329

Melhoramento genético para gado leiteiro

O desenvolvimento de um rebanho está ligado a diversos fatores. Não adianta investir apenas na alimentação. São várias etapas e cuidados para que os objetivos sejam alcançados e a definição de cada uma é feita de acordo com a finalidade do rebanho: produção de carne ou leite. O certo é que o melhoramento genético coloca-se com necessidade em qualquer área e sistema de manejo que pode ser extensivo ou intensivo.

No caso da pecuária leiteira, deve-se começar com a seleção das melhores raças produtoras de leite. Para este fim, a raça gir-leiteira é a mais indicada por estar adaptada ao clima brasileiro e ter altos índices de produção. O melhoramento genético desta raça visa elevar ainda mais estes números.

Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos

Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) oferece informações úteis aos criadores de bovino de corte e de leite sobre a seleção de uma genética superior no rebanho. E avaliam estes animais que são certificados pelo programa.

No Brasil, as raças zebuínas se adaptam melhor ao clima e por isso são as preferidas pelos pecuarista. O gado gir-leiteiro da Fazenda Sant’Anna passa pelo melhoramento genético que garante o cruzamento dos animais que apresentam melhores condições de desenvolvimento e produção, assim o rebanho se torna cada vez mais consistente e produtor.

Além do monitoramento e seleção das melhores genéticas, este processo envolve a inseminação de artificial ou fertilização in vitro. Que resulta na reprodução de um gado com genética de animais premiados.

Para construir um rebanho com animais de ponta que apresentam alta produção e desempenho, é preciso ter acesso às melhores raças e isso está ao seu alcance na Fazenda Sant’Anna que investe continuamente no melhoramento genético e têm seus animais avaliados pelo Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos.